Limpeza de pele: Entenda mais sobre esse procedimento
Um dos procedimentos estéticos mais comuns é com toda certeza a limpeza de pele, procedimento este que deve ser sempre feito por um profissional capacitado e dentro de uma clínica de estética de confiança.

Limpeza de pele: Entenda mais sobre esse procedimento

Um dos procedimentos estéticos mais comuns é com toda certeza a limpeza de pele, procedimento este que deve ser sempre feito por um profissional capacitado e dentro de uma clínica de estética de confiança.

A limpeza de pele visa remover comedões (cravos) e possíveis impurezas presentes na pele, é possível realizar a remoção até mesmo do milium, aquele pontinho branco no rosto, que é um cisto composto por acumulo de queratina.

Mesmo sendo um procedimento comum e bastante realizado, as pessoas ainda possuem algumas dúvidas, como, por exemplo, se ele é ou não indicado para a remoção de pápulas e pústulas (acnes).

Mas não se preocupe, hoje responderemos as suas principais e possíveis dúvidas sobre a limpeza de pele.

Quando a limpeza de pele é indica?

Como já citamos acima, a principal indicação da limpeza de pele é para a remoção de comedões (cravos), miliuns e drenagem de pápulas e pústulas (acnes) até segundo grau.

Ela também remove células mortas e impurezas, ajudando a manter a pele mais macia e saudável.

Saiba que todos os tipos de pele podem passar por esse procedimento, onde ajuda a manter o equilíbrio das peles secas, normais, oleosas e mistas.

E se você tem cravinhos indesejados no colo e nas costas, por exemplo, também pode fazer.

Como é realizada a limpeza de pele?

A limpeza de pele segue de modo geral um passo a passo fixo, que vai desde a higienização da pele até a finalização como um protetor solar.  

A sessão desse procedimento dura em média uma hora e meia, e durante ele a pessoa se deita sobre uma maca.

Conheças os principais passos de uma limpeza de pele abaixo:

Assepsia

Aqui a pele é higienizada com produtos desengordurantes que varia com o tipo de pele da pessoa.

A função dessa etapa é limpar a pele, removendo possíveis resíduos de produtos, e até mesmo impurezas da poluição e oleosidade.

Esfoliação

Feita com produtos específicos com ação abrasiva, promove um afinamento da camada superficial da pele, facilitando a extração dos comedões e das acnes.

Extração

Essa é a etapa principal e mais longa da limpeza de pele, cuja duração dependerá do estado da pele.

Após a esfoliação, a pele é exposta a um vapor, que possui a finalidade de abrir os poros e deixar a pele mais macia para facilitar a remoção manual de comedões, acnes e miliuns, que é sempre feita de forma cuidadosa.

Para a remoção dos comedões, algumas técnicas de extração devem ser seguidas e eles são espremidos com os dedos, mas, jamais se deve apertar a pele diretamente, é necessário o uso de algodão para fazer o procedimento. Isso evita machucar a pele e também ameniza a dor.

Já os miliuns são removidos com o auxílio de uma microagulha, pois é preciso romper a pele que o recobre para expelir a bolinha de queratina.

Em relação às pápulas e pústulas (acnes), é necessária uma avaliação para ver se é possível fazer a drenagem, caso esteja até segundo grau, e como fazê-la.

Após a remoção, normalmente são utilizados cosméticos calmantes, ou até mesmo terapia com LED, que possuem ação anti-inflamatória.

Massagem

A massagem é feita com movimentos suaves e auxilia na aplicação e absorção de cremes hidratantes e calmantes. Esta etapa também auxilia na diminuição da vermelhidão, que é comum logo após a limpeza.

Aplicação de Máscaras

Um dos procedimentos de finalização que dura em média de 10 minutos a 20 minutos, onde a escolha da máscara dependerá do tipo de pele.

Filtro solar

A aplicação do filtro solar na última etapa da limpeza de pele, é para garantir que a pele fique protegida dos efeitos nocivos dos raios solares, como as manchas. Também, após a limpeza, a pele estará mais sensível, e essa etapa ajuda a evitar queimaduras.

Frequência da limpeza de pele

A frequência com que você pode realizar uma limpeza dependerá do seu tipo de pele, onde peles normais com tendência à seca, podem repetir o procedimento a cada dois meses.

Já a pele mista, oleosa e com mais comedões, o recomendado é fazer uma limpeza de pele uma vez ao mês e utilizar cosméticos específicos diariamente. Pessoas com um grau de acne elevado, devem sempre contar com a orientação de um dermatologista para acompanhamento e melhores resultados.

Casos que merecem atenção

A limpeza de pele não é indicada para acne grau III e IV, essas pessoas devem procurar um dermatologista, as demais podem e devem ser tratadas.

Se você está bronzeada também não é aconselhado passar por esse procedimento, pois a pele está inflamada.

Pessoas que estão utilizando ácido podem fazer limpeza de pele desde que a pele não esteja em processo inflamatório, também dependendo do tipo de ácido que está sendo utilizado, sua concentração e pH.

Pessoas que tomam medicamentos de uso contínuo, como por exemplo, corticoides e Roacutan (Isotretinoína), ou estão em tratamentos dermatológicos, devem solicitar autorização médica para realização do procedimento.


Fique atenta

 

Os produtos usados na limpeza de pele devem ser sempre de boa qualidade e procedência, seja nacional ou importado, e claro, estar dentro do prazo de validade para que não correr perigo de haver alergias e irritações.

Ainda, os produtos manipulados à base de ácidos de alta concentração ou componentes hormonais só podem ser usados com a supervisão e orientação de um dermatologista. Assim como, qualquer procedimento estético também deve ser feito e acompanhado por um profissional qualificado e de confiança.

Se atentando a essas dicas, e escolhendo o profissional certo para fazer a sua limpeza de pele, você poderá tirar o melhor proveito desse procedimento, e ter sempre uma pele limpa e radiante.

Se esse artigo despertou em você a vontade de tirar um tempinho e se cuidar, agende sua limpeza de pele no Loredane do Carmo!

Deixe um comentário