Manchas na pele: Tipos e tratamentos

Manchas na pele: Tipos e tratamentos

Estudos recentes realizados pela L’Oréal revelaram que a terceira maior reclamação das mulheres, quanto a sua aparência, é com relação a manchas solares no rosto.

Por isso, que no dia a dia, muitas tentam uniformizar o tom da pele e disfarçar essas pequenas ou grande manchas com maquiagem, o que pode funcionar de forma momentânea, mas não resolve o problema por si só.

Mesmo que esta seja uma questão comum na vida das mulheres, elas podem ser facilmente evitadas com o uso de proteção solar, por exemplo.

Mas, quando estas já se instalaram em nosso rosto é importante e preciso que consulte um dermatologista e recorra a métodos e tratamentos indicados por especialistas. Eles passarão os melhores tratamentos e, além disso, se você tentar se auto tratar, podem surgir ainda mais problemas de pele, por isso é indicada uma consulta com o profissional correto para esse tipo de tratamento.

Após isso, passará a usar cosméticos diariamente que ajudam a clarear e a proteger a pele do rosto dos danos causados pelos raios solares, as radiações UVA e UVB.

Tipos de manchas de pele

Abaixo, explicaremos um pouco mais sobre os principais tipos de manchas de pele que podem ocorrer, que muitas vezes você pode apresentar, mas não sabe como identificar, e seus respectivos tratamentos.

Melasma

Normalmente é caracterizado pela presença de manchas escuras, que muitas vezes podem possuir uma tonalidade marrom, que em geral aparecem no rosto, colo e pescoço.

Esse tipo de mancha de pele ocorre devido a um problema causado pelo aumento da atividade de melanócitos, que são as células produtoras de melanina, resultando em um aumento no depósito de pigmento queratinócitos, células que formam a epiderme (camada mais superficial da pele).

O que pode causar o melasma é o excesso de exposição à radiação solar, alterações hormonais da gravidez ou causadas por pílulas anticoncepcionais, e a parte ruim vem agora, não há cura.

Como esse tipo de mancha não tem cura, após o seu aparecimento é impossível removê-las, o que é possível fazer é amenizá-las através de alguns tratamentos, como:

·        Uso de cremes clareadores: como a base de hidroquinona, tretinoína, corticoide tópico, ácido azelaico, ácido kójico, glicólico e salicílico.

·        Tratamentos estéticos: como laser, peeling químico ou microagulhamento, microdermoabrasão, luz intensa pulsada, todos sempre indicados e realizados por uma dermatologista.

Mas, a prevenção é um dos fatores mais importantes para evitar o aparecimento de novas manchas, sendo por isso que o uso de protetores solares é tão importante para quem sofre desse problema.

Hiperpigmentação pós-inflamatória

Ela é causada por um excesso de melanina, em resposta a uma inflamação da pele após algum tipo de lesão, que pode ser desde a depilação ou algum procedimento estético, até queimaduras solares ou acne.          

Esse tipo de mancha em geral aparece no local onde ocorrer o trauma e pode acontecer com pessoas de qualquer idade, mas tende a aparecer com mais frequência em pessoas de pele mais escura a negra.

Quando a mancha ainda é superficial na pele, ela terá anuências de marrom, e pode levar meses ou até anos para sumir se não for tratada corretamente. Mas, se a lesão for profunda, esta terá uma aparência azul acinzentada e pode se tornar permanente se não tratada.

Há dois conceitos principais usados por dermatologistas para tratar a Hiperpigmentação pós-inflamatória, que são:

·             Remoção da mancha cutânea: feita através de laserterapia, luz intensa pulsada ou peeling químico.

·             Controle dos sinais: feito através do uso de cosméticos e dermocosméticos à base de arbutin, ácido kójico, ácido glicólico, ácido retinóico e derivados da vitamina c.

Lentigos solares

É um tipo de mancha na pele causado por um distúrbio hiperpigmentar, ou seja, causado pela exposição solar e pelo processo de envelhecimento natural.

Essas manchas são as conhecidas manchinhas de colo e mãos, que são os dois locais que não damos muita atenção e cuidado na hora de passar o protetor solar.

Com os Lentigos solares a radiação UV causa um aumento na produção de melanina, levando ao aparecimento de lesões hiperpigmentadas.

Para o tratamento deste tipo de manchas, a duas principais soluções usadas pelos dermatologistas:

·              Remoção da mancha causada pela hiperpigmentação: feita por meio de peelings químicos, laserterapia.

·              Controle dos sinais: por meio do uso de protetores solares, e produtos à base de arbutin e retinóides (derivados da vitamina a).

Efélides (sardas)

Há quem ame ter sardas, mas também tem muitas mulheres que se incomodam com essas pequenas manchinhas no rosto.

As manchas de tipo Efélides, popularmente conhecidas como sardas, se caracterizam como pequenas manchas pigmentadas, de cor avermelhada ou marrom clara, que surgem em pessoas de pele muito clara ou ruiva.

Elas começam a aparecer por volta dos dois ou três anos de idade e passar a aumentar na adolescência, mas diminuem na idade adulta.

As Efélides são uma resposta ao estímulo da luz solar e se tornam mais visíveis e com coloração mais forte com a exposição a esse tipo de radiação.

Também, essas manchinhas são associadas a queimaduras solares, por isso, que o uso de protetor solar com alto fator de proteção é indispensável para pessoas que sofrem desse problema.

Para o tratamento das Efélides é necessário o acompanhamento dermatológico, mas evitar e se proteger da exposição solar já pode trazer resultados significativos ao problema.

Evitando-se a exposição solar, as sardas tendem a clarear gradualmente. No entanto, o tratamento acelera o seu clareamento. Também, procedimentos como Peelings superficiais podem acelerar o processo de clareamento das manchas.

Bom, esperamos ter te ajudado nessa! Esses são os principais tipos de manchas de peles que podem ocorrer no rosto, ressaltando que, qualquer um dos tratamentos citados acima devem ser indicados e realizados por um médico dermatologista, pois caso contrário, corre-se até mesmo o risco de agravar o quadro das manchas, viu?

Este post tem 3 comentários

  1. Amei seu site 🙂 Onde tem o formulário pra seguir kk

  2. Amei seu blog rsrs já estou seguindo 🙂

  3. Qual a melhor receita pra crescimento vocÊ recomendaria?

Deixe um comentário